Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Tosse


Tosse não é uma doença, mas um sintoma e deve ser investigado. Ela ocorre por razões diversas e doenças diferentes. Desde um simples resfriado ou alergia até uma tuberculose, insuficiência cardíaca.

Segundo o pneumologista Ricardo Milinavicius, a tosse nunca é normal, mas uma reação do organismo que deve ser investigada. Ela tem diversas causas e somente um médico pode chegar a um diagnóstico preciso. A tosse tem características que distinguem suas causas. Existe a a seca, a  produtiva (com secreção), a ocasional e a constante.

No Brasil é comum as pessoas classificarem qualquer tosse como gripe. A gripe não é tão inocente quanto se imagina. Rita Medeiros, infectologista do Hospital Barros Barreto, alerta: “As pessoas acham que a gripe é uma doença boba, mas não é. A gripe é uma doença séria, que pode evoluir para doenças respiratórias mais severas e levar à morte. Como poucos sabem disso, a gripe acaba não recebendo muita atenção”,observa. Isso faz com que as pessoas que estão tossindo pensem se tratar de algo inócuo e não procuram atendimento médico.

O que pode estar escondido por trás ?
10 causas comuns :

Alergia : A tosse alérgica incomoda, coça a garganta e no início é seca. Podendo ocorrer com rinite (inflamação na mucosa nasal) e ou rinossinusite.

Engasgo : A tosse é uma reação para desobstruir as vias aéreas.

Refluxo laringo-faríngeo :   é crônica com pigarro e sensação de comichão na garganta.

Sinusite : Inflamação dos sinus (seios da face) que produz tosse com catarro. Geralmente há obstrução nasal e dor na face. Pode apresentar febre se for bacteriana.

Bronquite e/ou Asma : Quadro grave que necessita de atendimento médico de emergência. O paciente boceja, lacrimeja e tem tosse seca. Caso não sejam tratadas podem produzir catarro e causar infecções por bactérias.

Pneumonia : Doença grave que pode levar à morte se não for tratada. A tosse é produtiva e pode ser acompanhada de febre, palidez, indisposição, cansaço e falta de ar.

Tuberculose : Doença pulmonar grave persiste por várias semanas, é produtiva e o catarro pode ter raias de sangue. Piora à noite e ocorre febre no final da tarde.

DPOC – Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica :Doença típica do fumante. Apresenta tosse constante com pigarro e catarro amarelado.

Insuficiência cardíaca do ventrículo esquerdo : Complicação cardíaca na qual o coração não consegue bombear sangue suficiente de acordo com as demandas metabólicas. O ventrículo esquerdo é responsável por drenar o sangue dos pulmões, quando ele não funciona corretamente, o sangue fica retido nos pulmões. O líquido sanguíneo (transudato) acaba invadindo os alvéolos e provocando como reação a tosse, que é um reflexo para expelir esse líquido dos pulmões.

Câncer de pulmão : Neoplasia causada principalmente pelo tabagismo e inalação de agentes poluentes e carcinogênicos, como o amianto, radônio, arsênio, poeira em excesso e poluição do ar. Os sintomas iniciais podem ser confundidos com qualquer outra doença das vias respiratórias: Tosse, falta de ar, sibilo (chiado) nos pulmões, sangue no escarro e dor no peito.

Alguns medicamentos também podem causar tosse, mas nesse caso geralmente é um quadro de hipersensibilidade ou reação alérgica aos componentes da fórmula. Exemplo comum é o fármaco Captopril, utilizado para hipertensão que em alguns pacientes causa uma tosse muito forte e constante. Nesse caso o medicamento deve ser substituído.

Aos primeiros episódios , fique atento ao tipo, se seca, produtiva, em acessos (durando muito tempo e sem controle), se vem acompanhada de falta de ar e ou lacrimejamento excessivo. Se há dor no peito, se ocorre próximo a algum tipo de substância ou em determinados ambientes. Também se deve observar quando ocorre a tosse, se à noite ou durante o dia. Se há incômodo, dor ou persistência, procure o médico.

Caros amigos e visitantes, este blog não se destina em nenhuma hipótese a dar diagnósticos ou sugerir tratamentos, mas tão somente a alertar acerca de problemas de saúde.  Na existência de algum problema de saúde procure um médico.

Via –> Família.com.br