Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Aveia ajuda reduz o colesterol


AveiaNa hora do regime, sua primeira providência é fechar a boca mesmo morrendo de fome? Saiba que passar vontade é uma das piores inimigas da dieta. A melhor solução é, sim, comer menos, mas com alimentos saudáveis e sem sofrer por isso. Uma das maiores aliadas nessa hora é a aveia, que, entre outros benefícios, promove sensação de saciedade.

Rica em minerais como cálcio e ferro, vitaminas do complexo B e E, proteínas e fibras, a aveia ainda melhora o funcionamento intestinal, facilita a digestão, controla a pressão arterial, diminui colesterol ruim e controla quantidade de açúcar no sangue. Mas, para que ela tenha todos esses efeitos positivos, é preciso consumir da maneira correta.

“Recomenda-se a ingestão de 30 gramas de aveia por dia, ou seja, três colheres de sopa. Além disso, é indicado tomar de cinco a seis copos de água por dia, senão ela causará efeito contrário, que é a obstipação (prisão de ventre)”, orienta a nutricionista Vivian Goldberger, ao explicar que é possível acrescentar aveia em frutas, sucos ou vitaminas e ainda em receitas como tortas, quiches, pães e almôndegas.


A especialista ajuda a entender os tipos de aveia:

Em flocos – o grão é prensado integralmente, um processo que conserva seus principais nutrientes. Pode ser polvilhado sobre frutas, saladas e iogurtes.

Farelo – esse tipo provém da camada externa do grão e, por isso, possui maior concentração de fibras betaglucanas. Ideal para ser usado em massa de pães e bolos.

Farinha – obtida da parte mais interna do grão e, assim, perde na carga de fibras. Usada nas receitas de pães, panquecas e bolos, sendo até uma alternativa para substituir a farinha de trigo.

Como comer aveia
No café da manhã com banana amassada, mel e canela em pó fica uma delícia. Também como mingau, mas existem mil maneiras de enriquecer o mingau de aveia.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.


Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies