Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Hipertensão e colesterol


HipertensãoHipertensão e colesterol altos são condições bastante sérias que, se não tratadas, podem levar a doenças do coração, infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Além disso, elas merecem atenção extra por raramente apresentarem sintomas. Saiba o que fazer para identificar, prevenir e controlar os problemas:

Como saber se tenho pressão alta?

É possível desconfiar de um quadro de hipertensão se você sentir dores de cabeça e/ou na nuca, enjoo, sonolência excessiva e palpitações cardíacas, por exemplo. Mas como os sintomas geralmente surgem quando a pressão está muito alta, é importante seguir para o pronto-socorro o mais rápido possível.

Como prevenir e tratar a hipertensão

Além de realizar exames clínicos e medição regular da pressão arterial, tome cuidado com sua alimentação no dia a dia. Evite o consumo de comidas gordurosas, fritas e ricas em sódio e aposte em opções como frutas, vegetais, grãos integrais e proteínas magras, por exemplo.


Como saber se meu colesterol está alto?

Bastante silenciosa, a doença não produz sintomas nem mesmo entre pessoas que apresentam valores extremamente altos. Mas vale ficar atento a dores no peito, palpitação e falta de ar, que podem estar associados a uma condição provocada pelo aumento dos níveis de colesterol.

Apenas através de exames de sangue é possível descobrir, de fato, se estão elevadas as taxas de colesterol ruim.

Como prevenir e tratar o colesterol alto

A alimentação também desempenha importante papel no combate ao colesterol alto, portanto, evite ou minimize o consumo de comidas que podem aumentar o colesterol ruim, como carnes vermelhas ricas em gordura, embutidos, frituras, ultraprocessados, bolachas e chocolate, por exemplo.

[   Escrito Por Paulo  Nobuo  Vix ]

A prática regular de atividades físicas é ainda considerada fundamental para o combate ao problema. Histórico familiar, obesidade e tabagismo podem contribuir para o surgimento do problema.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.


Este sitio web utiliza cookies para que usted tenga la mejor experiencia de usuario. Si continúa navegando está dando su consentimiento para la aceptación de las mencionadas cookies y la aceptación de nuestra política de cookies, pinche el enlace para mayor información.plugin cookies

ACEPTAR
Aviso de cookies