Ácido Úrico – Sintomas tratamento e prevenção


Ácido úrico é uma condição bastante comum, mas poucas pessoas realmente entendem ou conseguem identificar os sintomas.  

Pensando nisso, descubra agora tudo o que precisa saber sobre essa condição, como o tratamento e até as formas de prevenção.  

Vamos lá?  

Ácido úrico – O que é e quais os sintomas  

O ácido úrico é uma substância produzida de forma natural pelo corpo, decorrente da quebra das moléculas chamadas de purina que depois de degradada tem uma parte enviada para o sangue e outra é eliminada.  

Como resultado, a ação definida popularmente como ácido úrico é quando os níveis ficam acima do que deveriam, causando um excesso na corrente sanguínea.  

Ao mesmo tempo, há uma redução na eliminação pelos rins, seja pela baixa produção de urina ou devido a uma série de medicamentos que interferem no processo interno.  

Esse ácido pode ser então definido como pequenos cristais que se formam, devido ao excesso, e podem estar presentes em diversas regiões do corpo.  

Entretanto, é bastante comum que os cristais estejam nos rins e sob a pele.  

Sintomas  

Os sintomas do ácido úrico podem variar bastante, mas o comum inclui:  

  • Surtos de dor nas articulações;  
  • Inchaço, principalmente nos pés, dedos e joelhos;  
  • Áreas de vermelhidão;  
  • Dificuldade em locomover áreas de dor;  
  • Gota;  
  • Cálculos renais;  
  • Insuficiência renal, entre outras.  

A gravidade dos sintomas costuma ser gradativa e grande parte dos pacientes recorrem a tratamento logo que sente dores.  


Prevenção e tratamento  

De maneira geral, a prevenção em relação ao ácido úrico consiste em evitar o uso de diuréticos e anti-inflamatórios, além de reduzir a ingestão de alimentos ricos em purina.  

A purina é encontrada em maior quantidade em carnes vermelhas, peixes, e miúdos 

Do mesmo modo, é ideal aumentar o consumo de alimentos que facilitem a eliminação do ácido, como o leite e derivados.  

Além do mais, a prevenção também inclui controle de peso, evitando a obesidade, controle de pressão e ingestão de líquidos, para estimular o funcionamento renal.  

Essas dicas de prevenção também fazem parte do tratamento, que também pode incluir medicações para controle de ácido e remédios para alívio das dores.  

Conclusão  

Enfim, o ácido úrico é uma substância comum a todos os seres humanos, mas o aumento pode ocasionar uma série de problemas. Sendo essencial estar atento aos sintomas. 

No mais, siga as recomendações de prevenção e sempre mantenha os exames em dia, consultando o seu médico e retirando possíveis dúvidas.  

Veja também

Este é um blog de noticias , curiosidades e tratamentos caseiros , ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.