Anticoncepcional e academia


anticoncepciona-X-academia

Anticoncepcional pode atrapalhar o emagrecimento e ganho de massa magra ?

Sim, infelizmente essa é a resposta! Um estudo publicado pela Universidade no Texas A&M relata que os contraceptivos podem diminuir o ganho de massa muscular. A pesquisa foi realizada em mulheres com idade entre 18 e 31 anos e durante 10 semanas de treino de musculação concomitante com uma dieta rica em proteínas, foram submetidas a avaliações antropométricas (medidas corporais) e análises bioquímicas de sangue. Os resultados revelaram que atletas usuárias de anticoncepcionais orais obtinham menos ganho de massa muscular quando comparadas a mulheres que não faziam o uso destes. Vamos entender por quê?

A pílula anticoncepcional usada em todo mundo é com certeza um dos métodos contraceptivos mais comuns e desde os anos 50 atua através da inibição da liberação dos ovócitos (óvulos não fecundados) pelos ovários, processo conhecido como ovulação que acontece em média 14 dias antes da menstruação. Com certeza antes de fazer o uso e ainda mesmo agora que você não vive mais sem ele, deve sempre se perguntar quais os reais prejuízos à saúde e também à estética, não é verdade?

Em primeiro lugar, devo informá-la que os “quilinhos a mais” na balança que você tanto vive perseguindo podem não ter relação direta com o uso de contraceptivos orais. Não há estudos que comprovem a influência no ganho de peso, mas devido ao fato de que os anticoncepcionais são constituídos de estrógeno o apetite pode ser aumentado e consequentemente você poderá estar engordando. Além disso, a progesterona que também compõe o medicamento pode aumentar a retenção de líquidos e você ficará mais inchada, principalmente na região abdominal. Lembre-se que, a retenção de líquido favorece o surgimento de celulite. Outra queixa muito comum está relacionada ao surgimento de manchas devido ao estrógeno que estimula a produção de melanina. Uma solução fácil é sempre usar protetor solar. No caso de acne provocada por ovário poliscístico, os anticoncepcionais são grandes aliados no controle da oleosidade da pele. Cuidado com a “pílula do dia seguinte”, estas altas taxas de progesterona podem comprometer seu desempenho na academia!


Como sei que você ama demais seu corpo e não é fumante, nem preciso dizer que os contraceptivos em fumantes aumentam a predisposição de trombose e derrame cerebral. Interações medicamentosas também devem ser conhecidas, por exemplo, o uso de antibióticos como ampicilina e tetraciclina e anticonvulsivantes que podem inibir a ação da “pílula”. Câncer também é uma doença que não tem relação com o uso do medicamento, que, aliás, pode até reduzir o desenvolvimento da doença no ovário.

Tudo bem, mas e o ganho de massa magra porque é prejudicado pelo uso de pílulas anticoncepcionais? A diferença encontrada entre os grupos de atletas usuárias e não usuárias de anticoncepcionais orais parece estar relacionada principalmente com a diferença na concentração de hormônios envolvidos no crescimento muscular bem como os envolvidos na degradação muscular. Mulheres que usam pílulas apresentaram menores níveis de hormônios anabólicos bem como no nível de cortisol, hormônio que pode prejudicar o ganho de massa magra. Como estamos ingerindo algo exógeno, nosso corpo diminui a produção de hormônios endógenos desta forma, os níveis de estradiol, progesterona e testosterona diminuídos, interferem nos níveis de cortisol, e aumentam a resistência à insulina. Por isso, pode-se perder um pouco da definição abdominal por aumento do diâmetro da cintura.

Outra explicação está relacionada ao transporte de hormônios pelas globulinas, que são proteínas presentes no sangue e fazem o equilíbrio das substâncias no nosso corpo. Os hormônios encontrados nos anticoncepcionais são sintéticos e não são transportados pelas globulinas ficando disponíveis nos tecidos (etinilestradiol sintético ao estradiol). Desta forma, fazem com que o fígado produza mais globulinas e aumente a captura dos hormônios endógenos, tornando-os indisponíveis. Da mesma forma, as globulinas transportam testosterona, e na presença de hormônios exógenos, menos testosterona teremos disponíveis, por isso nos privando dos benefícios como ganho de massa muscular, libido e lubrificação vaginal.

Agora você já está ciente dos riscos e benefícios causados pelo uso de anticoncepcionais orais. Como qualquer outro medicamento, ele deve ser prescrito por um ginecologista, pois este saberá qual melhor composição se adapta ao seu corpo e necessidades. Fique atenta e não use indiscriminadamente qualquer pílula. E se você já faz uso deste medicamento, está ai mais um motivo para você encarar seu programa de treinamento e dieta com seriedade para que seus ganhos sejam otimizados.

Esta informação não deve nunca substituir o conselho de um médico se você tem alguma dúvida, consulte o seu médico.

3 comentários em “Anticoncepcional e academia

  • em
    Permalink

    A injeção anticoncepcional faz tão mal quanto as pílulas? Estou preocupada com isso, fiz até pesquisas mas só achei o site com a bula desse medicamento http://cyclofemina.com.br/,não achei nada sobre isso. Vocês podem me ajudar?Obrigada!

    • em
      Permalink

      Oi Denise..não há estudos comparativos até onde eu saiba entre orais ou injetáveis. Acredito que os prejuízos quando houverem sejam os mesmos, talvez os injetáveis um pouco mais prejudiciais por se tratarem de doses mais elevadas, mas, isso ainda é especulação. Precisamos de mais estudos nesse caso!

Fechado para comentários.