Chá de cavalinha – Ajuda o corpo a desinchar e não reter mais líquido

A cavalinha é uma planta medicinal conhecida, dentre outras utilidades, por seu efeito emagrecedor, já que, por ser diurética, ajuda a desinchar. Dentre suas propriedades, destacam-se as funções anti-inflamatória e desintoxicante (capazes de auxiliar no tratamento de inúmeras condições), além de ter também alta concentração de potássio e cálcio.

Benefícios para a saúde

O chá feito da erva pode ser usado como um auxiliar fitoterápico no tratamento dos seguintes problemas:

Inflamações nas vias urinárias

Um dos benefícios atribuídos com mais frequência à ingestão do chá de cavalinha é o alívio de problemas no trato urinários – e a nutricionista Lais Murta confirma esta propriedade. Segundo ela, por ser uma erva de características anti-inflamatórias e diuréticas, ela ajuda, por exemplo, a amenizar inflamações nas vias urinárias baixas (bexiga, próstata e uretra), e contribui para a recuperação do paciente após cirurgias nesta região.

É preciso lembrar, porém, que o uso da cavalinha para tratar infecção urinária deve ser um aliado de tratamentos convencionais e o fato de que a bebida possui todas estas propriedades não significa que a avaliação médica é dispensável.

Retenção de líquidos e inchaço

Outro efeito frequentemente relacionado à ingestão do chá de cavalinha é a redução do inchaço – e, de acordo com Lais, isso também se deve às propriedades diuréticas da bebida. Conforme estimula a eliminação de líquido pela urina (e ajuda a eliminar toxinas acumuladas no corpo), ele é capaz de amenizar a retenção dele, ajudando assim quem tem problemas de inchaço.

Desconforto na menstruação

Embora a cavalinha não tenha efeito sobre o fluxo menstrual, suas propriedades diuréticas podem aliviar os desconfortos do período. Isso porque, para muitas mulheres, é normal ficar inchada antes e durante os dias em que a menstruação está descendo, e, como o chá reduz a retenção de líquidos, esse inchaço pode ser amenizado.

Retenção de líquidos : Como identificar e controlar

Gengibre e limão – Provoca a redução de medidas, já que elimina o inchaço e a retenção de líquidos

Tendência a hemorragias e coagulação indevida do sangue
Conforme explica a nutricionista, a cavalinha tem propriedades hemostáticas – ou seja, contribui para o processo de hemostase, que é como o corpo naturalmente mantém o sangue com características que impedem hemorragias e coagulações. Ao consumir o chá, esse processo fica fortalecido.

Chá de cavalinha para emagrecer

Em geral, o chá de cavalinha aparece como um potente aliado de diversas dietas – e isso, conforme explica Lais, também se deve ao poder diurético da erva. Isso porque, uma vez que a diurese ajuda o corpo a desinchar e não reter mais líquido, é natural que a pessoa perceba uma redução de peso e de medidas.

Serve para a pele?

Além dos benefícios para a saúde e perda de peso, o chá de cavalinha também é conhecido por ajudar a melhorar a beleza da pele – mas sua suposta ação adstringente não é confirmada pela medicina e a dermatologista Roberta Rodrigues Fontanezzi Campos, do centro médico Consulta Aqui, explica:

“Nunca fiz nenhuma manipulação contendo essa substância, então não tenho uma opinião na prática clínica. Mas nunca vi ou ouvi falar em nenhum congresso de dermatologia e nem em artigo científico o uso dessa substância para a pele ou o cabelo. Também conversei com farmacêuticos, e a maioria desconhece esse uso”.

Receita de chá de cavalinha

Ferva 500 ml de água. Desligue o fogo e adicione 2 colheres (sopa) de chá de cavalinha. Abafe por cerca de cinco minutos e coe a mistura, que pode ser bebida ao longo do dia. Aqui, porém, é importante ficar de olho nas dosagens seguras. “Para efeito diurético, indica-se o consumo do chá das folhas secas, de 50 a 200ml por dia. Já para efeito hemostático, a dose é 500ml por dia”, afirma a nutricionista, ressaltando que a bebida não deve ser consumida por mais de dois meses.

Contraindicações

Apesar de benéfica, porém, a cavalinha tem contraindicações. De acordo com a nutricionista, a bebida não deve ser consumida por quem tem algum tipo de disfunção cardíaca ou renal – e, diante de certas condições expressivas, como gravidez e lactação, úlceras estomacais, entre outras, é essencial que se consulte um médico para receber orientações apropriadas.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe com seus amigos nas redes sociais os benefícios do chá de cavalinha.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.