Diverticulite – Causas e sintomas


Diverticulite ou Diverticulose é uma doença que afeta o cólon e que costuma ser muito dolorosa. Ela acontece quando bolsas, chamadas também de divertículos, são formadas no cólon. Essas bolsas são formadas por bactérias que crescem ao longo, mais frequentemente, do intestino grosso (cólon), mas que também podem ocorrer em qualquer parte intestinal. Uma das causas para a doença mais apontadas pelos médicos é a falta de fibras no organismo, que faz com que o cólon trabalhe mais e impulsione o aparecimento dessas bolsas, em locais mais fracos do intestino. A diverticulite ocorre então, quando parte do material fecal se instala nos divertículos e provoca uma infecção.

De acordo com uma revista especializada em saúde de Havard, a Harvard Health Publications , um terço dos americanos com mais de 60 anos vai desenvolver a diverticulite. Os divertículos costumam ser comuns na parte ocidental do planeta, sendo raras na região da África e da Ásia.

1) Qual é a causa da diverticulite?

As formações dos divertículos na parede intestinal são dadas como incertas por alguns médicos. Alguns acreditam que a prisão de ventre é considerada uma das causas da diverticulite, isso porque é necessário mais pressão para passar suas fezes, deste modo, os médicos acreditam que o aumento dessa pressão pode levar ao aparecimento de divertículos.

Outras causas são:

1 – Perfuração: A diverticulite pode ter como causa uma perfuração induzida por alguma droga ou por agressão ao cólon e está sujeita a complicações graves. É importante que se faça um estudo com especialista a fim de identificar o surgimento dos divertículos.

2 – Falta de fibras: Também pode ser provocada pela falta de fibras na dieta alimentar. As fibras são responsáveis por auxiliar no aumento (ou na criação) do volume fecal, a fim de que as contrações do cólon tenham anteparo. Quando não há fibras na dieta alimentar a pressão dentro do intestino aumenta e facilita inflamações.


3 – Idade: Um dos principais fatores que é responsável pela formação de divertículos é a idade. Com o passar dos anos, a musculatura lisa do cólon vai perdendo a elasticidade e podem formar-se pequenas hérnias ou divertículos. Em geral, eles aparecem depois dos 50 anos. Abaixo dos 40, a doença costuma ser rara, mas quase 85% dos indivíduos com 85 anos apresentam o problema, segundo especialistas.

4 – Genética: Fatores genéticos também são considerados para o desenvolvimento da formação dos divertículos. Há, inclusive, estudos na área que pretendem determinar alterações nas fibras da musculatura responsáveis pelo processo de contração intestinal e aparecimento de divertículos.

2) Quais são os sintomas?

A maioria das pessoas que possuem a diverticulite não possuem muitos sintomas, dependendo do grau da doença.Os sintomas de diverticulite podem durar horas ou até dias. Os sinais incluem:

Dor de barriga muito forte ; Cãibras , Dor no abdômen ; geralmente na parte inferior do lado esquerdo; Febre; Calafrios ; Sensação de inchaço, principalmente abdominal ; Diarreia ; Prisão de ventre ; Náuseas ; Vômitos ; Perda de apetite ; Inchaço ou gases

3) Existem tratamentos para a diverticulite?

Alguns tratamentos caseiros podem te ajudar a controlar os sintomas da diverticulite ou reduzir a chances de doenças relacionadas a ela. Alguns desses tratamentos caseiros são:

Aplicação de almofadas de aquecimento no abdômen para aliviar cólicas e dor.
Comer alimentos ricos em fibras como: pães integrais, arroz integral, frutas e legumes frescos
Beba muito líquido por dia e coma em horários regulares

Este é um blog de noticias , curiosidades e tratamentos caseiros , ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.