Excesso de açúcar no sangue – Veja os sintomas


O que é excesso de açúcar no sangue? 

O excesso de açúcar (glicose) no sangue é uma condição conhecida como hiperglicemia que, se não tratada, pode gerar uma doença muito presente na população atualmente, o diabetes. 

A elevada taxa de glicose no sangue pode ser facilmente detectada através de exames laboratoriais e é caracterizada por taxas de glicose sanguínea acima de 100 mg/dl em jejum. 

Causas  

As causas do excesso de açúcar no sangue podem ser várias e, entre elas podemos destacar, principalmente, uma alimentação inadequada rica em carboidratos, em especial os refinados como açúcar, arroz branco, massas, pães, bolos, biscoitos, entre outros produtos. 

Outras causas são o excesso de peso (sobrepeso ou obesidade), o sedentarismo, o estresse, entre outras. 

Sintomas  

O excesso de açúcar no sangue ocorre de forma silenciosa e, por isso, geralmente não causa sintomas. Estes somente aparecem quando o aumento de açúcar no sangue é persistente evoluindo para o quadro de diabetes.  

Os principais sintomas são os seguintes: 


  • Sede excessiva
  • Vontade de urinar frequente
  • Tontura
  • Fraqueza
  • Cansaço
  • Sonolência
  • Visão embaçada
  • Formigamento
  • Aumento do apetite
  • Perda de peso
  • Pele seca e infecções de pele
  • Feridas que não cicatrizam

Como baixar o excesso de açúcar no sangue? 

Para baixar o açúcar no sangue, a mudança do estilo de vida é fundamental. Por isso, é necessário seguir uma alimentação totalmente saudável reduzindo o consumo de açúcar, carboidratos e de alimentos industrializados, e dar prioridade ao consumo de alimentos naturais e ricos em fibras. 

Além disso, a prática de atividade física regular e outros hábitos saudáveis como o abandono do consumo de bebida alcoólica também é fundamental. Já o uso de medicamentos não é necessário, somente no caso de diabetes diagnosticada. 

Veja Também [su_list icon=”icon: arrow-right” icon_color=”#801111″]

[/su_list]

Este é um blog de noticias,curiosidades e tratamentos caseiros , ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.