Lúpus – Sinais sintomas e tratamentos


O lúpus é um distúrbio inflamatório crônico que pode afetar qualquer parte do corpo, incluindo pele, articulações, rins, coração, pulmões e sistema nervoso. 

Entre as doenças autoimunes (doenças em que o sistema imunológico de uma pessoa ataca os tecidos e órgãos de uma pessoa), o lúpus é uma das mais comuns.

O lúpus é imprevisível e dura a vida inteira; geralmente afeta mulheres jovens (18 a 40 anos), mas pessoas mais jovens ou mais velhas e homens também podem ter. 

Para ajudar você a entender mais sobre o lúpus, eu preparei o artigo de hoje sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Causas do lúpus

É geralmente aceito que o lúpus é causado por alterações no sistema imunológico. A função normal do sistema imunológico é combater bactérias e vírus considerados estrangeiros. 

No lúpus, o sistema imunológico não reconhece os componentes do corpo de uma pessoa e produz anticorpos que atacam seus tecidos (autoanticorpos). Este fenômeno é denominado autoimunidade.

A causa exata do lúpus permanece desconhecida até hoje. Existem vários fatores envolvidos no estabelecimento da doença, incluindo a hereditariedade e certos fatores ambientais. Acredita-se comumente que a luz solar pode desencadear os sintomas. 

Outros gatilhos incluem infecções virais, estresse de doenças, às vezes gravidez e certos medicamentos. Dado o maior número de mulheres afetadas do que os homens, foi sugerido que o estrogênio pode desempenhar um papel.

Sintomas e complicações

Os sintomas do lúpus podem voltar de vez em quando e desaparecer por um tempo. O período sem sintomas é denominado remissão.

O lúpus pode ser leve ou grave e pode causar uma variedade de sintomas, incluindo:


  • Dores nas articulações, inchaço e vermelhidão que podem aparecer e desaparecer; comumente afetam os dedos e os pulsos;
  • Erupção cutânea, especialmente ao longo do nariz e bochechas, chamada de “erupção cutânea em borboleta”;
  • Febre;
  • Perda de peso;
  • Dor no peito causada por inflamação do coração e dos pulmões;
  • Tosse e problemas respiratórios;
  • Sensibilidade à luz solar que às vezes pode ocorrer apesar do uso de protetor solar
  • Fadiga inexplicável;
  • Perda de cabelo;
  • Dores de cabeça;
  • Pensamentos desordenados ou confusão;
  • Uma labilidade emocional (mudanças ou emoções incontroláveis, ou alterações de humor).

As complicações do lúpus causa inflamação que pode afetar outras partes do corpo (como rins, sistema nervoso central e coração). Se as complicações surgirem, geralmente o fazem nos primeiros anos após o diagnóstico inicial.

Tratamento e Prevenção

O tratamento medicamentoso para o lúpus depende de sua gravidade. Em alguns casos, a medicação pode nem ser necessária.

Os medicamentos comumente prescritos são:

  • Analgésicos, como anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) – alguns desses medicamentos são vendidos sem receita, mas verifique com seu médico ou farmacêutico antes de começar a tomar um.
  • Hidroxicloroquina, frequentemente usada em combinação com outros medicamentos para ajudar a controlar o lúpus;
  • Os corticosteroides orais são o principal tratamento na maioria dos casos – este tipo de medicamento ajuda a reduzir a inflamação e os sintomas associados;

Embora todos esses medicamentos sejam úteis e às vezes salvem a vida de uma pessoa, eles ainda podem ter efeitos colaterais muito graves. Converse seriamente com seu médico sobre os benefícios e riscos do tratamento.

Gostou de saber mais sobre o lúpus? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Veja também [su_list icon=”icon: arrow-right”]

[/su_list]

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.