Tratamento caseiro para candidíase – Funcionam de verdade e são seguros


Coceira, vermelhidão na região íntima, ardência ao fazer xixi ou após a relação sexual, secreção esbranquiçada e com textura grossa: esses são alguns sintomas da candidíase, infecção provocada pelo fungo Candida Albicans, que vive naturalmente na vagina, mas que quando há um supercrescimento, desequilibra toda a flora vaginal.

São diversos os fatores que provocam este distúrbio, que vão desde má higiene até umidade excessiva na região. Geralmente, é tratada com medicamentos específicos e cremes antifúngicos, prescritos por um ginecologista.

Receitas naturais contra candidíase

1. Barbatimão

Além de uma boa higiene íntima e alimentação saudável, outros truques caseiros conseguem combater o excesso de fungos que causam a candidíase. O banho de assento com barbatimão está entre os mais conhecidos para reduzir o desconforto causado na vagina.

Mas existem outras receitas naturais que ajudam a diminuir os sintomas e acabar com o problema. E são eficazes desde que sejam recomendados também por um médico especialista. Entre elas, estão:

2. Iogurte grego

Um estudo descobriu que alguns probióticos conseguem combater o C. albicans. As bactérias do bem presentes em alguns tipos de iogurte, como o grego por exemplo, tratam o desequilíbrio na flora vaginal.

Antes de usar, é importante verificar se não existe açúcar na composição do iogurte, já que o ingrediente pode servir de alimento para os fungos e piorar ainda mais o quadro. Iogurtes caseiros, como o kefir, também pode reduzir a infecção vaginal.

3. Óleo de coco


As propriedades antifúngicas do óleo de coco conseguem tratar a infecção vaginal, combatendo o crescimento dos fungos nocivos à saúde íntima. Para isso, basta aplicar o óleo diretamente na área afetada, lembrando de adquirir o produto puro e orgânico.

4. Alho

A ginecologista Bel Saide, do Ginecologia Natural, sugere banhos de assento com alho amassado e água morna para o tratamento da candidíase. O allho possui propriedades antibióticas e antifúngicas capazes de eliminar os fungos que causam o distúrbio. Vale, ainda, adicionar mais alho nos preparos do dia a dia.

5. Vitamina C

A vitamina C fortalece o sistema imunológico e equilibra a flora vaginal. Mas não é preciso utilizá-la diretamente na área íntima: basta incluir alimentos ricos com a substância ou ingerir comprimidos efervescentes diariamente para aumentar a capacidade do próprio corpo de lutar contra a infecção por fungos.

6.Chá de alecrim e orégano

A nutricionista Fernanda Granja recomenda um chá que mistura alecrim, orégano e óleo de coco para aliviar as coceiras provocadas pela candidíase. Para fazer, basta adicionar os ingredientes em água fervente e deixar em infusão por cinco minutos. Consumir apenas uma vez ao dia, não ultrapassando a quantidade de litro da bebida.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.