Tratamento caseiro para pés ressecados – Pode transformá-los em pés de bebê


Nada melhor que um merecido escalda-pés quando você já está há muitas semanas exigindo muito deles. Como é desaconselhável abusar da lixa e esfoliação excessiva da sola dos pés, para não estimular mais a produção da pele resistente, o importante é exagerar na hidratação e umidade no local. Depois, você enrola os pés e garante uma umectação mais eficiente ainda.

Faça um escalda pés

Para relaxar e tornar a pele toda mais emoliente, comece sempre sua rotina de hidratação com um escalda-pés. Se quiser, você pode adicionar sal grosso, algumas colheres de chá de suco de limão, uma ou duas colheres de chá de glicerina e água de rosas em metade de um balde de água morna.

A água aquecida em temperatura agradável ajuda a umectar. Descanse os pés na água até que ela esfrie. Em seguida, após secar bem, aposte em cremes que tem vaselina, lanolina. Casos mais graves de rachadura são tratados, inclusive, usando fórmulas de loção com ureia e outras substâncias que ajudam a remover a camada de células mortas da pele.

Mantenha a umidade


Sempre que fizer a hidratação em casa, privilegie à noite. Assim, você enrola os pés e tenta abafá-los ao máximo durante a noite. Após o creme, por exemplo, você pode colocar um filme plástico nos pés na hora de dormir ou usar uma meia de algodão grossa. Isso vai potencializar a ação do hidratante e você terá pés muito mais macios.

Macetes caseiros

Misture uma colher de chá de vaselina a duas ou três colheres de chá de suco de limão sobre as áreas rachadas de seus pés. Esfregue uniformemente para que a mistura seja absorvida pela pele e enrole no filme plástico ou durma de meia com a solução.Outra opção é substituir a vaselina pela glicerina ou óleos vegetais, tais como óleo de linhaça, óleo de coco, óleo de amêndoas, óleo de gergelim ou mesmo o azeite. Você também pode deixar a mistura durante a noite e lavar pela manhã.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.