Veja quem não deveria tomar pílula anticoncepcional de jeito nenhum


Prática e de fácil administração, a pílula anticoncepcional é um dos métodos mais eficazes para prevenir uma gravidez indesejada quando usada corretamente. Apesar da grande variedade de dosagem hormonal presente em cada marca de medicamento, o contraceptivo pode ser contraindicado para algumas mulheres. Por isso, consultar um ginecologista antes de iniciar o uso do remédio é essencial para evitar complicações de saúde. Conheça os grupos de riscos e veja quem não deveria tomar pílula anticoncepcional de jeito nenhum:

Mulheres obesas devem evitar tomar pílula anticoncepcional, especialmente se a condição estiver acompanhada de complicações típicas da doença.

1- Mulheres fumantes acima dos 35 anos devem evitar o uso da pílula para minimizar o risco de desenvolver trombose.

2- Mulheres hipertensas correm risco de trombose e Acidente Vascular Cerebral (AVC) ao fazer uso do contraceptivo oral.


A pílula anticoncepcional também costuma ser contraindicada para mulheres que sofrem com problemas de circulação.

Até 21 dias após o parto, a mulher tem risco aumentado para tromboses e, por isso, a recomendação é que o uso da pílula seja criterioso.

3- Mulheres com doenças cardíacas, acompanhadas de complicações como hipertensão pulmonar e endocardite também devem evitar o uso da pílula.

4- Mulheres com câncer de mama devem suspender o uso da pílula porque esse tipo de tumor é sensível ao hormônio presente no medicamento.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.