Detergente e desinfetante caseiro – Além de não serem poluentes, são bastante econômicos


De olho no perigo dos produtos de limpeza, o Greepeace preparou algumas dicas para quem deseja substituir seu uso por alternativas caseiras que, além de não serem poluentes, são bastante econômicas. O vinagre de cozinha é o primeiro da lista. Diluído em água, pode ser usado como desengordurante, removedor de manchas e odores e ainda ajuda na limpeza de azulejos e panelas.

O bicarbonato de sódio, também em solução aquosa, pode ser um aliado na limpeza de pias, bidês e vasos sanitários por sua ação desinfetante. Ele pode substituir o removedor de limo à base de cloro dos azulejos e ser de grande utilidade na limpeza de panelas manchadas.

Você pode ainda experimentar produzir seus próprios produtos de limpeza. A partir de materiais como limão, sabão em barra e folhas de eucalipto é possível fazer detergente e desinfetante caseiros. A dica é do “Programa nacional da racionalização do uso dos derivados do petróleo e do gás natural”, do Ministério de Minas e Energia.

Receita de detergente caseiro

Ingredientes:- 200 g de sabão em pedra (de glicerina ou de coco) picado- 3 litros de água- suco coado de 1 limão- 3 colheres de sopa de amoníaco


Modo de Preparo:

Coloque em um balde 2,5 l de água e o suco de limão. Coloque o sabão com a água restante numa panela e aqueça em fogo baixo, mexendo bem até dissolver. Em seguida despeje o sabão no balde e mexa bem, acrescentado o amoníaco. Continue mexendo até estar tudo muito bem misturado. Está pronto, guarde o detergente em recipientes não-metálicos bem tampados. Rende aproximadamente 3 litros de detergente.

* Em dias frios, o sabão do detergente pode coagular, para que vote a normal é preciso agitá-lo bem ou aquecê-lo levemente.

Receita de desinfetante caseiro

Ingredientes:

– sobras de sabão (de preferência feito com gordura vegetal) picadas- 1 litro de álcool líquido- 4 litros de água- cerca de 30 a 40 folhas verdes de eucalipto ou tintura de eucalipto pronta

Modo de Preparo:

Deixe as folhas de molho no álcool durante dois dias, até formar uma “tintura”. Ferva 1/4 da água com o sabão em fogo baixo, mexendo sempre, até dissolvê-lo. Tirar do fogo e juntar ao restante da água acrescentando a tintura das folhas, misturando tudo muito bem. Está pronto para armazenar e usar.