Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Óleo de coco para clarear os dentes


oleo-de-coco-nos-dentesÓleo de coco é truque caseiro de famosas para clarear os dentes

Duas famosas de Hollywood usam um truque caseiro diferente para deixar os dentes branquinhos: óleo de coco. Gwyneth Paltrow e Shailene Woodley são adeptas dessa técnica caseira de clareamento dental.

Em entrevista ao canal E!, Gwyneth contou que faz gargarejo com o óleo de coco quase que diariamente. “Quando posso, faço bochecho com óleo de coco durante 20 minutos e realmente faz muito efeito, pois além de ser ótimo para a minha saúde bucal meus dentes ficam bem mais brancos”, disse ela.

Shailene Woodley também é adepta do método desenvolvido pela medicina ayurveda, tradição milenar indiana. Segundo a atriz, as gengivas ficam mais fortes e os dentes mais brancos. “As placas sobre os dentes não são solúveis em água, mas são solúveis à gordura, e o óleo consegue tirá-las. Particularmente, eu prefiro óleo de gergelim, mas só de coco também é bom”, afirmou.

3

O óleo de coco pode ser usado em bochechos diários

Benefícios à saúde bucal
Segundo a terapeuta e especialista em ayurveda Flávia Pereira, do Lavanda Fitness SPA, no Rio de Janeiro, o hábito das atrizes realmente ajuda a promover a desintoxicação oral e dental, além de contribuir para a limpeza das vias respiratórias.

A especialista explica ainda que, de acordo com pesquisa de cientistas irlandeses, o óleo de coco ajuda a combater a bactéria Streptococcus, que faz parte da flora da boca e pode causar doenças como a cárie e abscessos dentários. Os pesquisadores concluíram também que a substância evita aftas.

Como fazer
De acordo com a terapeuta, a dica é na parte da manhã, em jejum, colocar uma colher de sopa de óleo vegetal de alta qualidade na boca e imediatamente bochechar o óleo em sua boca e em volta dos dentes. “É importante manter o óleo sempre em movimento. Isso deve ser feito sem pressa, sem tensão ou espasmo muscular, por 15 a 20 minutos”, ensina Flávia.


Contudo, a especialista destaca que nas primeiras aplicações pode acontecer, após poucos minutos, o desejo de cuspir o óleo. “Se isso acontecer, cuspa e tente novamente no dia seguinte. É importante ressaltar que o óleo não deve ser engolido de jeito algum. Portanto, não incline a cabeça para trás para gargarejar, pois isso aumentaria a possibilidade de novamente ingerir os poluentes que você quer eliminar do corpo”, completa.

A recomendação é que o bochecho dure até 20 minutos

A dica é manter a cabeça elevada ou levemente inclinada para frente. Se os seus músculos maxilares ficarem doloridos enquanto você está bochechando, é um sinal de que você está colocando demasiada força neste processo. Ao terminar, cuspa o líquido para fora e enxágue a boca com água ou água morna com sal.

“A lavagem com água salgada não é necessária, mas é muito útil como antimicrobiano que alivia inflamações. Também provou ser eficaz para retirar toxinas que ainda podem ter permanecido na boca. O líquido que sai deve estar branco como leite. Logo depois, escove os dentes normalmente”, ensina Flávia. A especialista destaca que não há contra indicação para o uso do óleo de coco como enxaguatório bucal.

Segundo a especialista, no início desse tratamento de desintoxicação bucal podem aparecer alguns sintomas como irritação na área do nariz ou garganta. “Isso acontece quando os focos de infecção começam a desaparecer. Por esta razão, geralmente é indicado continuar o tratamento, inclusive se nos primeiros dias os sintomas piorarem”, afirma.

De acordo com a terapeuta, os óleos vegetais recomendados pela medicina Ayurveda, são: óleo de gergelim e óleo de semente de girassol. “Pode acontecer que o sabor do óleo de semente de girassol não seja agradável ao paladar, mas o óleo de gergelim caia muito bem. Então, a dica é confiar na sua intuição”, diz.

Outros benefícios do óleo de coco
Além de deixar os dentes brancos, combater o mau hálito e fortalecer as gengivas, o óleo de coco ajuda a hidratar o cabelo e é benéfico para a saúde de uma maneira geral.

Alimentação
Menos calórico dos que outros óleos vegetais, o óleo de coco ajuda a acelerar o metabolismo e oferece mais energia ao organismo. Além disso, ele ajuda a aumentar o HDL, conhecido com colesterol bom, e diminui a porcentagem de colesterol ruim. Segundo Mario Bontempo, autor do livro “O poder medicinal do coco e do óleo de coco extra virgem”, é importante que o óleo de coco ingerido seja o extra virgem para garantir as propriedades benéficas.

Cabelos
Rico em vitamina E e ácidos graxos, o óleo de coco também é um poderoso hidratante para os fios. É um dos poucos óleos vegetais que penetram tão profundamente na cutícula do fio. De acordo com a dermatologista Maria Fernanda Gavazzoni, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, o óleo de coco é eficiente porque age no córtex do cabelo, que é a porção interna da massa capilar, ou “estrutura do pelo”. (Bolsa de Mulher)

Esta informação não deve nunca substituir o conselho de um médico se você tem alguma dúvida, consulte o seu médico.