Alimentos que ajudam a baixar pressão alta


A hipertensão, popularmente conhecida como pressão alta, afeta cerca de 25% dos brasileiros, segundo pesquisa da Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas ). A doença pode causar sérios problemas à saúde, como infarto e AVC, mas é possível combatê-la de uma maneira bem simples, por meio da alimentação saudável.

A primeira recomendação é diminuir o consumo de sal e controlar a ingestão de alimentos ricos em sódio. O limite máximo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 5 gramas de sal por dia (o equivalente a 2 gramas de sódio), no entanto, o consumo médio no país é de 12 gramas, mais que o dobro da recomendação máxima.

“Uma boa dica é aumentar a utilização de ervas e temperos naturais, que ajudam a realçar o sabor natural dos alimentos. Além disso, deve-se diminuir o consumo de alimentos industrializados, como congelados, empanados, molhos prontos, macarrão e sopas instantâneas, entre outros, que são alimentos muito ricos em sódio.”, explica a nutricionista Carolina Favaron.

VEJA OS ALIMENTOS QUE AJUDAM A BAIXAR A PRESSÃO ALTA

• Alho: possui ação hipotensora, ajudando no relaxamento dos vasos sanguíneos e diminuindo a pressão arterial. Pode ser consumido in natura, preferencialmente cru ou adicionado apenas no final da preparação, ou em cápsulas.

• Frutas vermelhas: ajudam a melhorar a circulação sanguínea.


• Sardinha e peixes de água fria: contêm ômega 3, que podem ajudar a controlar a pressão arterial, melhorando o fluxo sanguíneo.

• Vegetais verde-escuros e grão-de-bico: fontes de magnésio, importante para o relaxamento dos vasos e melhora do fluxo sanguíneo.

Água de coco: é rica em potássio, mineral que ajuda a regular os líquidos presentes no organismo, ajudando no controle da pressão alta e eliminação do inchaço, causado pelo elevado consumo de sódio.

“Também existe uma dieta criada para indivíduos com hipertensão, chamada de dieta DASH [uma abreviação em inglês para Abordagem Dietética para Hipertensão], que preconiza o baixo consumo de gorduras saturadas e colesterol, assim como doces e industrializados, e o aumento na ingestão de frutas e vegetais, carnes magras (de preferência, carnes brancas), grãos e cereais integrais”, aponta Carolina.

Além de uma dieta saudável e equilibrada, para baixar a pressão arterial é fundamental praticar atividade física regularmente. Mude seus hábitos de vida e evite problemas de saúde. Cuide de você!

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.