Inhame ajuda emagrecer , fortalece o sistema imunológico e controla colesterol


Fonte de vitaminas, minerais e diversos outros nutrientes, o inhame é um tubérculo semelhante à batata, versátil, já que pode aparecer em inúmeras preparações, e pode ser um excelente aliado da dieta e da saúde. Conheça os principais benefícios do alimento e entenda por que ele deve estar mais presente no seu cardápio:

Inhame ajuda a emagrecer

O Inhame faz parte do grupo das raízes – carboidratos fonte de vitaminas, minerais e outros nutrientes – que, se ingeridos com moderação, contribuem para a perda de peso. O alimento ainda é rico em fibras, que garantem saciedade e afastam a fome, além de ser livre de glúten.

O inhame possui baixo índice glicêmico, ou seja, faz com que o açúcar presente em sua composição passe lentamente pela corrente sanguínea, favorecendo absorção pelo organismo e evitando picos que aumentam o apetite.

Inhame controla o colesterol

As fibras presentes no inhame contribuem para a redução dos níveis de colesterol no sangue, combatendo assim doenças cardíacas. O alimento é ainda fonte de um aminoácido que protege o organismo contra inflamações.

Inhame fortalece o sistema imunológico

Por ser rico em zinco, mineral que fortalece os gânglios linfáticos, o alimento é considerado bom aliado na proteção do sistema imunológico, fazendo com que o organismo fique mais capaz de combater e prevenir doenças.

Inhame alivia sintomas da TPM

Cólicas, desconfortos e inchaço causados pelo desequilíbrio hormonal comum na TPM podem ser aliviados com o consumo regular de inhame. Isso porque o tubérculo é fonte de diosgenina, substância que se assemelha o hormônio feminino progesterona e ajuda a reequilibrar o organismo.

Inhame pode amenizar a depressão


Os carboidratos presentes no inhame estimulam a síntese de serotonina, substância responsável pelo sentimento de bem-estar e felicidade. Portanto, não é exagero afirmar que o alimento pode ser aliado no combate aos sintomas mais comuns da depressão.

Inhame retarda o envelhecimento

A combinação de nutrientes do inhame faz com que o alimento seja considerado um antioxidante natural que estimula a produção de enzimas importantes no combate aos radicais livres, retardando assim o envelhecimento celular e ajudando na renovação dos tecidos.

Inhame promove energia e ânimo

Por abrigar alto teor de fósforo, o inhame é indicado para pessoas que sofrem de fadiga ou precisam de energia extra para os exercícios ou tarefas do dia a dia. Ele ainda é rico em carboidratos complexos, que não se transformam rapidamente em açúcar, tem baixa concentração de gordura e muito fibra, o que garantirá energia por mais tempo.

Cuidados ao consumir inhame

Apesar de saudável e natural, o inhame pede cuidados no preparo e não deve ser consumido cru se você perceber qualquer reação na hora de descascar o alimento.

Se ao manusear o inhame você sentir uma forte coceira nas mãos é porque o tubérculo está com grande concentração de cristais de oxalato e, por isso, é necessário que ele passe pelo processo de cozimento para evitar complicações de saúde.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.