Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Manchas roxas no corpo – Principais causas


É comum ver por aí pessoas reclamando de manchas roxas “sem explicação”, que surgem do nada pelo corpo. Na maioria das vezes, pode ser só uma batida que a pessoa levou e não se lembra ou não sentiu no momento, mas em casos mais raros, pode ser mesmo que elas surjam sem ter, aparentemente, um motivo. Acontece que há, sim, como explicar.

Mancha roxa sem motivo: o que pode ser?
Se este sintoma surgir acompanhado de inchaços e dores nas articulações ou sangramentos sem motivo, como na boca ou no nariz, existe o risco de ser um problema na coagulação do sangue conhecido como hemofilia.

O que é hemofilia?
Esta é uma doença hereditária, que atinge adultos e crianças, em especial do sexo masculino. A mutação genética que causa essa enfermidade fica no cromossomo X: ou seja, embora seja raro as mulheres desenvolverem a doença, elas são portadoras desta deficiência.

A hemofilia é caracterizada como um distúrbio na coagulação do sangue: ao extrair um dente ou fazer um corte, o indivíduo portador desta doença sangra mais que o normal. Isso porque o organismo destas pessoas não possui as proteínas responsáveis pela regeneração dos tecidos que agem no estancamento do sangue.

Trocando em miúdos, essa contenção não funciona como deveria e o sangramento continua. Esta situação acontece graças a um trauma ou espontaneamente, especialmente nas mucosas.


Hemofilia tem cura?

Por meio de exames de sangue, o médico hematologista consegue diagnosticar com precisão a doença, avaliando se existem deficiências nos fatores de coagulação sanguínea. Se a mãe ou pai são portadores deste distúrbio, o especialista irá fazer um acompanhamento especial antes do bebê nascer.

Por ser uma doença genética, a hemofilia não tem cura. Mas os portadores podem ter uma boa qualidade de vida e realizar todas as atividades cotidianas com o tratamento adequado, que inclui a reposição do fator de coagulação deficiente por meio de injeções periódicas, que inibem as hemorragias.

No caso das crianças, os pais precisam ficar atentos a sinais no corpo dos pequenos, como manchas roxas na pele ou aumento delas quando o bebê começa a andar e engatinhas, além de sangramentos anormais quando nascem os primeiros dentes.

Por : Jessica Krleger

Vix

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.