Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Pré diabetes – Sintomas e como prevenir


Diabetes é uma doença de evolução gradual e por isso se torna de difícil diagnóstico em seu início. É muito importante estar atento aos sinais da pré-diabetes, como é conhecido o período que antecede o estabelecimento da doença, para descobrir se você faz parte deste grupo e prevenir complicações.

Indicativos que você pode ter

Fazer parte do grupo de risco
Pessoas que possuem histórico familiar de diabetes correm mais risco de pré-diabetes. Outros fatores incluem ter mais de 45 anos e uma vida sedentária.

Problemas de saúde

Casos de obesidade ou sobrepeso podem indicar a pré-diabetes. O mesmo vale para pressão alta, colesterol alto, doenças cardíacas e até síndrome do ovário policístico. No caso de gestantes, a diabetes diagnosticada durante a gravidez pode também desencadear pré-diabetes após o nascimento do bebê.

Sintomas clássicos

Os poucos sintomas da diabetes podem também ser repetidos na pré-diabetes. No entanto, isto não é uma regra.

Se você possui elevado nível de açúcar no sangue é possível que você faça xixi com mais frequência ou tenha cansaço sem explicação. Vale lembrar, contudo, que os sintomas da pré-diabetes costumam ser muito mais sutis do que o da doença de fato.

Manchas escuras na pele


Pessoas com pré-diabetes podem desenvolver alguns distúrbios cutâneos. Sendo assim aparecem algumas manchas escuras e espessas em áreas do corpo onde há dobras. Pescoço, axilas, cotovelos e até regiões atrás dos joelhos e das articulações dos dedos estão mais propensas.

Dificuldades para dormir

Dormir menos de 6 horas por noite pode ser um indicativo de que você está com pré-diabetes, segundo pesquisas. Isto se deve à relação entre hormônios, sistema nervoso e problemas de sono.

Tratar  e prevenir complicações

Para ter certeza de que você tem pré-diabetes, é necessário ir ao médico e relatar os sintomas que tem percebido. Com os exame específicos será possível definir as suas taxas de glicose no sangue e diagnosticar ou não a doença.

Em caso positivo, a prevenção é o melhor tratamento para evitar que o pré-diabetes evolua para diabetes. Adotar uma alimentação bastante equilibrada, restringindo açúcar e carboidratos simples, além de reduzir as calorias caso seja necessário o emagrecimento é a melhor forma de se prevenir. É importante também ter uma rotina de atividades físicas e fazer os tratamentos indicados pelo médico.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.