Fígado Gordo – conheça as causas, sinais e sintomas


O que é fígado gordo? 

A esteatose hepática, popularmente conhecida como fígado gordo ou gordura no fígado, é uma condição onde células de gorduras invadem as células do fígado 

Todos nós temos um pouco de gordura no fígado, porém, quando essa quantidade atinge 5% ou mais, esse quadro é definido como esteatose hepática e precisa ser tratado. Se não for tratado, essa condição pode evoluir para quadros mais sérios como hepatite gordurosa, cirrose hepática e até câncer no fígado. 

Causas do fígado gordo 

A esteatose hepática pode ter duas causas: 

  1. Alcoólica: causada pelo consumo em excesso de álcool.
  2. Não alcoólica:causada por hábitos de vida inadequados, condições ou doenças como:  
  • Má alimentação
  • Sedentarismo
  • Excesso de peso (sobrepeso e obesidade)
  • Colesterol e triglicérides alto
  • Barriga inchada
  • Perda de apetite
  • Aumento do fígado
  • Pressão alta
  • Diabetes
  • Inflamação crônica no fígado
  • Alguns medicamentos como os corticoides, estrógeno, antirretrovirais, entre outros
  • Hepatite viral

Sinais e sintomas 


Em quadros leves, a gordura no fígado não causa sintomas, daí a importância da realização de exames rotineiros. Porém, em quadros mais sérios, alguns sintomas podem estar presentes. Entre eles podemos citar: 

  • Cansaço
  • Fraqueza
  • Alteração do sono
  • Dor abdominal
  • Barriga inchada
  • Perda de apetite
  • Aumento do fígado
  • Dor de cabeça
  • Fezes sem cor
  • Icterícia (olhos e pele amarelados)
  • Confusão mental

Diagnóstico 

A gordura no fígado pode ser facilmente detectada através de exames laboratoriais e de imagem como a ultrassonografia do abdômen, tomografia e ressonância magnética. 

Tratamento  

A definição para o tratamento do fígado gordo vai depender de cada caso e do grau da esteatose. Mas, no geral, envolve as seguintes medidas: 

  • Medicamentos
  • Alimentação equilibrada e saudável
  • Atividade física regular
  • Estilo de vida saudável

Este é um blog de noticias,curiosidades e tratamentos caseiros , ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Veja Também :

[su_list icon=”icon: arrow-right”] [/su_list]