Síndrome de Burnout o que é , sintomas e como tratar


Está constantemente com aquele cansaço excessivo e estresse do trabalho? Muito conhecida como a síndrome de Burnout, ou até mesmo com a síndrome do esgotamento profissional é uma doença que se não controlada faz com que o indivíduo sinta seus efeitos na pele, baseada em constante estresse e esgotamento emocional.

A síndrome de Burnout é um problema que não deve ser apenas alertado, e sim evitado.

O que é síndrome de Burnout?

A síndrome de Burnout é uma espécie de esgotamento profissional que leva o indivíduo a ter prejuízos nos aspectos físicos e emocionais. Ela foi diagnosticada em 1974 pelo psicólogo norte-americano Freudenberger, onde ele começou a escrever e entender o problema que passava junto com seus colegas e iniciou estudos referente ao assunto.

A síndrome de Burnout atinge normalmente pessoas que têm uma vida pessoal e profissional muito agitada, especialmente aquelas que levam jornadas duplas, ou seja, atinge aproximadamente 30% dos profissionais Brasileiros.

Quais profissões que mais sofrem?

As profissões que são mais afetadas pela síndrome de Burnout são aquelas consideradas pessoas workaholic, pessoas que são viciadas em trabalho são os que mais sofrem com esse tipo de distúrbio então separamos uma lista das profissões que mais possuem casos desse distúrbio.

Profissionais mais afetados: profissionais da Saúde, Advogados, psicólogo, jornalistas, policiais, Oficiais de Justiça, assistentes sociais, executivos, bancários, atendente de telemarketing, carcereiros, bombeiros.

Os profissionais das profissões dos Estados acima acabam se esforçando muito em relação ao trabalho e acabam tendo pouco tempo para Descanso, por isso as mentes ficam em estado de alerta o tempo inteiro.

A síndrome de Burnout muitas vezes é relacionada ao fato de que essas pessoas mentalmente exaustas persistem trabalhando em empregos que exigem muito e as torna exageradamente perfeccionista.

Quais os sintomas da doença?

Os sintomas da síndrome de Burnout estão associados até a sintomas comuns para outras doenças, tais como:


  • Distúrbios no sono;
  • Irritabilidade;
  • Falta de apetite;
  • Alterações de humor;
  • Dificuldade de concentração;
  • Isolamento;
  • Dores na cabeça e musculares;
  • Pessimismo;
  • Baixa auto estima;
  • Depressão;
  • Apatia:
  • Maior suscetibilidade a doenças;
  • Perda de prazer.

Existe prevenção?

Infelizmente os sintomas da síndrome de Burnout se assemelham a sintomas de outras doenças mentais, e, portanto, seu diagnóstico é um pouco mais complicado.

Por Isso é recomendado que você procure um psicólogo, já que ele é o profissional recomendado para um diagnóstico preciso.

Existem formas de prevenir a síndrome de Burnout baseado em prática de exercícios, uma Alimentação adequada e balanceada para o seu dia a dia, momentos de lazer, uma diminuição nas cobranças, uma reorganização completa da sua rotina e uma indicação de meditação ou yoga.

É claro que também é indicado que a pessoa altere o seu trabalho ou que o adapte de uma forma que não exija um desgaste mental tão grande.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais, para que seus amigos conheçam mais sobre a síndrome de Burnout.

Depressão – Sintomas causas e tratamento

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.