10 hábitos que alteram a tireoide


A tireoide atua na produção de hormônios que influenciam diretamente o funcionamento de todo o organismo. Distúrbios na tireoide como o hipotireoidismo, que acontece quando a tireoide não consegue fornecer hormônios suficientes para o corpo, ou o hipertireoidismo, quando há fabricação em excesso, afetam diretamente a saúde.

A médica Dra. Anna Virginia Pinto, da Clínica Patricia Davidson Haiat, afirma que a dieta influencia no bom funcionamento da glândula. Alguns ingredientes como o ovo, feijão e espinafre, por exemplo, fazem bem e fortalecem a saúde da tireoide, enquanto outros alimentos podem até mesmo comprometer o seu desempenho, comprometendo todo o metabolismo.

A tireoide atua na produção de hormônios que influenciam diretamente o funcionamento de todo o organismo. Distúrbios na tireoide como o hipotireoidismo, que acontece quando a tireoide não consegue fornecer hormônios suficientes para o corpo, ou o hipertireoidismo, quando há fabricação em excesso, afetam diretamente a saúde.

A médica Dra. Anna Virginia Pinto, da Clínica Patricia Davidson Haiat, afirma que a dieta influencia no bom funcionamento da glândula. Alguns ingredientes como o ovo, feijão e espinafre, por exemplo, fazem bem e fortalecem a saúde da tireoide, enquanto outros alimentos podem até mesmo comprometer o seu desempenho, comprometendo todo o metabolismo.

1. Alimentação desequilibrada

Dietas restritivas ou pobres em nutrientes podem gerar deficiência de minerais importantes para a tireoide, como o iodo, selênio e zinco, que são fundamentais para a produção de hormônios tireoidianos como o T3 t T4.

2. Baixa ingestão de gorduras boas

A falta de gorduras boas na dieta, encontradas em alimentos como sementes, nozes, abacate e coco, por exemplo, prejudicam a produção hormonal, segundo a médica.

3. Alterações no sono

.A Dra Anna Virgínia Pinto cita que dormir pouco e ter quadros de estresse também desequilibram os hormônios. Lembrando que o cansaço, desânimo e sonolência são sintomas característicos de hipotireioidismo.


4. Álcool

A médica explica que o consumo de álcool aumenta o estresse oxidativo na tireoide, comprometendo suas funções.

5. Óleos vegetais refinados

Ao contrário dos óleos extra virgens, os óleos vegetais refinados passam por um processo de fabricação que resultam na diminuição de ácidos graxos que são benéficos para o organismo e a permanência do Ômega 6 que é uma substância inflamatória e pode comprometer a tireoide.

6. Refrigerantes diet

Embora o refrigerante diet sejam opções com baixas calorias, a médica conta que alguns ingredientes presentes nestas bebidas possuem substâncias que bloqueiam a ligação entre as células e os hormônios tireoidianos.

7. Açúcar

O consumo excessivo de açúcar provoca inflamação nos receptores das células, alterando a produção de hormônios e neurotransmissores que influenciam direta ou indiretamente a tireoide.

8. Soja

Mesmo sendo um ingrediente com baixas calorias e carboidratos, a soja pode interferir na tireoide, já que tende a inibir a enzima responsável pela absorção de iodo dos alimentos.

9. Fatores anti-nutricionais

Neste tópico, a médica cita compostos como o tiocianato e o isotiocianato – presentes em vegetais como a couve, por exemplo. Segundo ela, estas substâncias podem competir com o iodo junto aos folículos tireoidianos, diminuindo a absorção do mineral e comprometer a síntese dos hormônios.

10. Exercícios em excesso

Atividades físicas aeróbicas e de longa duração quando feitas em excesso podem afetar o equilíbrio entre o cortisol e a tireoide.

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.