Ovários policísticos 7 sintomas da síndrome que você não deve ignorar

Ovários policísticos são uma condição que afeta mulheres em idade fértil e caracteriza-se pela presença de pelo  acne e obesidade. Além disso, as mulheres com esse problema têm um risco significativamente maior de desenvolver diabetes e doença cardíaca. Embora a causa exata dos ovários policísticos ainda seja desconhecida, os cientistas acreditam que esta condição é causada por um problema genético.

Embora os ovários policísticos possam ser uma condição estéril, muitas mulheres com ovários policísticos podem ter filhos naturalmente. Além disso, o tratamento para ovários policísticos pode variar de acordo com a gravidade da condição. No entanto, o mais comum é o uso de medicamentos para regular os níveis de hormônios, o que pode ajudar a reduzir os sintomas.

Apesar de ser uma condição comum, ainda existem muitas incertezas sobre a sua causa e o seu tratamento. Por isso, é importante que as mulheres com ovários policísticos busquem aconselhamento médico para obter o melhor tratamento possível para esta condição.

Os sintomas da SOP podem variar de mulher para mulher, mas alguns sinais podem indicar que você está sofrendo com a condição.

  • 1- irregularidades menstruais
  • 2- aumento da quantidade de pelos no corpo
  • 3- dificuldade para perder peso
  • 4- acne
  • 5- queda de cabelo
  • 6- ganho de peso
  • 7-resistência à insulina

Se você estiver experimentando alguns desses sintomas, é importante procurar um médico para obter um diagnóstico. A SOP pode afetar a sua qualidade de vida, então é importante tratá-la o quanto antes.

Compartilhe essa informação com as mulheres que você conhece para ajudá-las a ficar alerta para os sinais da SOP.

Veja também Câncer de ovário – Sinais , sintomas

As informações e sugestões contidas neste site tem caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas. Este blog tem a finalidade de lhe ajudar, mas não substituir o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.